quinta-feira, 31 de maio de 2012

O dia que a Coelhinha derrubou o Cigano


Em algum lugar da central globo no Rio de Janeiro.
- Atenção Sérgio Maurício, vai dai agora!
- Bom, agora a narração é com ele.
- Olha só, começou a luta. O Cigano já partiu pra cima.
- Putz cara, olha que pancada no Frank Mir!
- Vai pra cima Cigano que você finaliza no primeiro round!
- Falando nisso, acabou o round.
- Ah, do segundo não passa.
- Começou...Vai Cigano bate, bate...isso aí
- Ganhou!! O cara é bom mesmo...Meu Deus do céu!!
- Que foi parceiro??
- Esqueci de interromper o filme! A luta não foi pro ar
- Xii! Tamo ferrado!! Vai dar merda!! E agora, que tu vai fazer??
- Ah, vou mandar um VT e torcer pra que ninguém perceba que não
tá ao vivo...
- É, com sorte ninguém vai perceber né??
                                             ******
Fiquei imaginando uma história que explicasse o porquê da Globo, que vem investindo no mma, não ter transmitido ao vivo a luta entre Júnior Cigano e Frank Mir no UFC 146, conforme ela havia anunciado. Será que a maioria das pessoas que estavam assistindo ao filme "Casa das Coelhinhas" preferiam terminar de vê-lo ao invés da luta ao vivo? Bom certamente ficou faltando tato para emissora para resolver a sua grade de programação.